OLHE À SUA VOLTA


OLHE À SUA VOLTA

Antes de reclamar da vida, contemple a paisagem a sua volta.
Enquanto reclama por morar num casebre, um número incontável
De pessoas mora debaixo da ponte;
Enquanto reclama porque seu filho adolescente dá muito trabalho,
Muitas mulheres estão, há anos, fazendo tratamento tentando
Ser mãe;
Enquanto chora porque não teve um capricho atendido, muitos
Suportam dores terríveis com um sorriso estampado na face;
Enquanto reclama porque não é rico, muitos agradecem de joelhos
O pão de cada dia;
Enquanto sente vontade de morrer, muitos lutam desesperadamente
Para viver.

Aprenda a perceber o que está a sua volta. Talvez ainda não tenha
Notado:
 - A esposa aguardando um gesto de carinho;
 - O filho na expectativa de um abraço;
 - O amigo desesperado à espera do ombro amigo;
 - O faminto à espera de um prato de comida...

Tire os olhos do próprio umbigo e contemple a paisagem
À sua volta.

Livro: Um Sopro de ESPERANÇA
Agnaldo Paviani
Editora: Sintonia



RELAXE

                             

  RELAXE


Qual será o significado do verbo relaxar. Embora ouçamos esse termo milhares de vezes ao
 longo de nossas vidas, muito poucas pessoas perderam tempo considerando o que ele realmente significa.
Quando perguntamos às poucas pessoas ( e eu o fiz várias vezes) o que significa ,relaxar a maior
Parte delas responde de um jeito que sugere que relaxar é algo que estamos sempre adiante –
Para as férias, licença, quando nos aposentamos, quando tivermos feito tudo o que precisamos.
Isso implica, é claro, que na maior parte das vezes ( nos restantes  noventa e cinco por cento do tempo de nossas vidas) devemos passar nervosos, agitados, apressados e frenéticos. Muito poucas pessoas assumirão isso, mas é uma dedução óbvia. Será que isso explicaria por que tantos de nós agimos como se a vida fosse uma grande emergência. A maior parte de nós adia o relaxamento até que nossa caixa de entrada esteja vazia. É claro que jamais estará.
Seria útil considerarmos o relaxamento como uma virtude do coração que pode ser acionada com uma certa regularidade, ao invés de algo que reservamos para um tempo futuro.
Você pode relaxar agora. Seria útil lembrar que pessoas relaxadas podem ser superprodutivas e
que, de fato, o relaxamento e a criatividade andam de mãos dadas. Quando estou me sentindo tenso, por exemplo, não consigo nem escrever. Mas quando estou relaxado, minha escrita flui,
fácil e rápida.
Estar mais relaxado implica um treinamento para reagir aos diferentes dramas da vida – transformar o melodrama num suave drama. Advém, em parte, do alto de trazer sempre à mente ( com amor e paciência) que se deve escolher como reagir à vida. Você pode aprender como reagir a seu próprio pensamento e às circunstâncias de maneira nova. Com a prática, fazer
Essas escolhas se traduzirá num eu mais tranquilo.


Livro: Não Faça Tempestade em Copo D’Água...
Richard Carlson, Ph.D.
Editora: Rocco


A ATITUDE CORRETA EM RELAÇÃO E ERROS PASSADOS



A ATITUDE CORRETA EM RELAÇÃO E ERROS PASSADOS

Evite ruminar as coisas erradas que você tenha feito.
Elas já não lhe pertencem mais. Que sejam esquecidas.
É a atenção que cria os hábitos e a memória. Assim que
Você coloca a agulha sobre um disco fonográfico, ele
Começa a tocar. A atenção é a agulha que toca o disco
Das ações passadas. Portanto, você não deve pôr sua atenção
nas  más ações. Por que continuar sofrendo com as ações
insensatas do seu passado. Expulse de sua mente a lembrança
delas, e tome o cuidado de não repetí-las de novo.

Livro: Onde Existe Luz
Paramahansa Yogananda

Editora: Lótus do Saber

PENSE PARA FALAR

    


PENSE PARA FALAR


Não julgue. Não comente o mal, mesmo que seja verdade o que você
Está dizendo. Toda pessoa tem direito à sua fama.
Fale bem, não mal. A difamação ou a calúnia costuma ser ditas pelos
Ciumentos e invejosos.
Não julgue e você não será julgado no tribunal divino.

JESUS DISSE:

“ No dia do juízo,
Os homens hão de prestar contas
De todas as palavras maldosas
Que tiverem dito.
Por tuas palavras serás salvo e
Por tuas palavras serás condenado”
(Mt 12, 36-37).


Livro: Orações e mensagens
Padre Luiz Cechinato

Editora: Vozes

CONSELHOS ÚTEIS



CONSELHOS ÚTEIS


1 - DIFICULDADES.
Não perca tempo lamuriando
Trabalhe, construa!

2 – CRÍTICAS.
Nunca se aborreça com elas.
Aproveite o que elas
Mostram de útil, cresça!

3 – INCOMPREENSÕES.
Não busque torná-las maiores,
Através de exigências e queixas.
Facilite o caminho!


4 – INTRIGAS.
Não dê motivos para isso.
Não dê importância
A fatos insignificantes!


5 – PERSEGUIÇÕES.
Jamais, isso não leva à nada.
Perdoe esquecendo!

6 – CALÚNIAS.
Não dê importância às mentiras.
Seja prestativo e confiante!

7 – TRISTEZAS.
Afaste-se de qualquer
Disposição ao desânimo.
Abraça seus deveres com garra!

8 – DESILUSÕES.
Por que debitar aos outros
A conta de nossos erros.
Caminhe para frente,
Dando ao mundo e à vida
O melhor ao seu alcance!

9 – DOENÇAS.
Evite a irritação e
A inconformidade.
Pois as causas da
Doença estão na
Própria mente irritada
E em desarmonia!

10 – FRACASSOS
Não se deixe derrotar.
Lembre-se de Deus, você
Está agora em seu melhor tempo:
O tempo de HOJE, no qual
Você pode sorrir e recomeçar
Tudo novamente, com muita
Garra, vontade e determinação!
Nada está perdido! Vá em frente!


Livro: EU PRECISO SABER
Mensagens Positivas

Editora: São Cristóvão

Dicas para ter uma boa memória e um pensamento criativo

publicado na Zupi
Nossa mente anda cheio de informações, não é mesmo? Seja pelo excesso de preocupações ou pelo ritmo de vida alucinante, todos já devem ter parado um instante e esquecido o que estava procurando, o que ia fazer ou que ia falar. A memória é inexplicavelmente enorme, que precisa ser treinada para ter rápido acesso às informações escondidas no nosso cérebro. Louis Pasteur dizia “A sorte favorece apenas a mente treinada”, que ser criativo não é questão de inspiração instantânea e sim de treino prolongado.
Com esta necessidade crescente para não perder tempo no dia a dia (lembrando onde deixamos as chaves de casa ou o celular, por exemplo). Sabemos que para fugir dessas lacunas, não há receita mágica, mas algumas dicas fazem diferença para manter a memória e a criatividade aguçada mesmo com o passar dos anos.

Jogar: existem alguns jogos que estimulam nosso cognitivo, como apostilas com exercícios de lógica, palavras cruzadas, sudoku, quebra cabeça, e mais de 60 jogos de tabuleiro que trabalham a memória e a criatividade. Use essa função de jogos como se fosse uma tempestade de ideias.
Realizar atividade física: a atividade física além de ser saudável também ajuda a combater várias doenças ela deixa o corpo e a memoria mais ativa. Quanto mais ativa uma pessoa é, menor a probabilidade de ter distúrbios de memória.
Ler: assim como qualquer órgão do corpo, o cérebro precisa se manter ativo para continuar saudável. Uma das melhores maneiras de melhorar o dinamismo, raciocínio e o despertar da criatividade também está na leitura.
Dormir: enquanto dormimos o conhecimento é armazenado no cérebro, por isso a fase de sono profundo é essencial para lembrar aquilo que lemos, ouvimos ou sentimos durante o dia.
E para finalizar, mantenha sua mente sempre ativa, liberte o pensamento criativo, não tenha medo das ideias que nascem. A criatividade pode ser estimulada através do seu meio, da educação e da cultura. Quem se dedica à criatividade todo dia deixa a mente sempre pronta para aproveitar oportunidades assim que elas aparecem.

Dicas para entender melhor o Tarot



Dicas para entender melhor o Tarot

Quando eu voltei a colocar Tarot, a primeira coisa que eu fiz foi retornar a estudar as cartas. Então, como eu nunca tive dificuldade com os arcanos maiores (cartas como Imperador, O carro e etc), eu tive que estudar mesmo as cartas que representam os arcanos menores (paus, copas, espadas e ouros) que por sinal são muitas cartas. Então um livro que me ajudou muito, por ter fácil explicação e ser extremamente objetivo foi o livro intitulado “Cartomancia, em busca de uma ciência advinhatoria”, que tem resenha aqui no blog J

Então esse livro é super objetivo, porque ele dá o significado bem especifico de cada carta. Como o Tarot é praticamente uma filosofia, porque se você for estudar cada carta, a imagem que ela está representada, você poderá chegar a uma tese de doutorado, afinal imagem é um signo e imagem também está relacionando com a subjetividade humana. Então poderia estudar lindamente o Tarot dentro da psicanalise e entender melhor o que cada carta trás como elementos de nossa subjetividade, pois as cartas mexem e muito conosco. E elas representam até os momentos de conflitos que estamos passando.

E uma coisa que esse livro me ajudou muito foi a entender o significado especifico das cartas Rainha, Rei, Cavaleiro e Valete (paus, copas, espadas e ouros) pois o significado delas mudam conforme a jogada, a exemplo de Valete de espadas, que pode significar: processo judicial, assalto, amigo protetor e ate inimigo (como pode representar uma pessoa que está para entrar ou que já faz parte na vida do consulente). Então se ela cai invertida e as cartas que a acompanham irá determinar se essa carta significa algo bom ou ruim para o consulente (pessoa que pede uma consulta as cartas do Tarot). Diante disso se faz necessário estuda-las e sentir o que elas significam, olhar bem cada carta e obviamente, consultar, porque vamos conhecendo melhor cada carta por meio das consultas.


Esse livro também contribuiu muito para o meu amadurecimento como taróloga, pois ele nos relembra das responsabilidades que devemos ter, a exemplo de sermos ético. E ele realmente nos ensina como ter ética em nossa atuação. E isso é muito importante porque muitos livros só nos ensinam a interpretar as cartas, mas poucos falam em respeitar as pessoas que nos procuram, valorizar o que essas pessoas sentem e compreendê-las. E ele eleva o Tarot para a ciência, porque para muitas pessoas ainda veem o Tarot como prática de pecado (já escutei muita gente dizer que coloco a minha fé em aprovação por fazer leituras acerca do futuro). É necessário compreender o Tarot como uma prática também terapêutica e de aconselhamento. Diante disso é preciso estudar mesmo o que é o Tarot para tiramos o melhor proveito dele, para tanto deixo aqui uma dica de leitura e também um instrumento para auxiliar nos estudos.


Informações do Livro
Editora: Madras
Autor: José Amud
Páginas: 168
Preço: R$ 27,90

Maiores Informações:  Site da Madras