MENSAGEM DA AMIGA ANTONIETA



A MENSAGEM ABAIXO É DE UMA AMIGA MUITO ESPECIAL,QUE MORA EM MEU CORAÇÃO,E FAÇO "QUESTÃO" DE PUBLICÁ-LA POIS ALÉM DE GOSTAR DOS ESCRITOS DE PAULO COELHO,PRINCIPALMENTE PORQUE ESSA MENSAGEM RETRATA SOBRE O TEMA SONHOS A SER REALIZADOS E NESSE MOMENTO ESTOU EM LUTA PARA REALIZAR MEU MAIOR SONHO,ESSA MENSAGEM É MAIS QUE TUDO,POIS VEIO A "CALHAR" SOBRE O MOMENTO QUE ESTOU PASSANDO EM MINHA VIDA,ENFRENTANDO SONHOS E PESADELOS,MEDOS E ALEGRIAS!MUITO MAIS QUE OBRIGADA MINHA QUERIDA AMIGA ANTONIETA,POIS VOCÊ ALÉM DE TER FEITO A CARIDADE DE COMPARTILHAR COM TODOS NÓS,VOCÊ ME AJUDOU MUITO,POIS ESSA MENSAGEM TRÁS UMA RESPOSTA PARA UMA PERGUNTA QUE A MUITO TEMPO VENHO FAZENDO A MIM MESMA!QUE DEUS TE ABENÇOE SEMPRE!AMÉM

santojudastadeo escreveu today at 12:09 AM

En busca del camino perdido



Vamos por el mundo en busca de nuestros sueños e ideales, aún sabiendo que muchas veces colocamos en lugares inaccesibles

todo aquello que tenemos al alcance de la mano. Cuando nos damos cuenta de nuestro error, pensamos que hemos perdido mucho tiempo buscando lejos lo que estaba cerca y, por ello, nos dejamos invadir por el sentimiento de culpa, por los pasos equivocados, por la búsqueda inútil y por los disgustos que hemos causado.
No es exactamente así: aunque el tesoro esté enterrado en tu propia casa, sólo lo descubrirás cuando te alejes de él. Si Pedro no hubiera experimentado el dolor de la negación, no habría sido elegido jefe de la Iglesia. Si el hijo pródigo no lo hubiera abandonado todo, su padre jamás le habría recibido con una fiesta.
Hay ciertas cosas en nuestra vida que llevan un sello que dice: "sólo entenderás mi valor cuando me pierdas -y me recuperes." No sirve de nada pretender acortar este camino.
El monje cisterciense Marcos García, que vive en Burgos (España), comentaba: "a veces, Dios retira una bendición determinada para que la persona pueda comprenderle más allá de los favores y las peticiones. Él sabe hasta qué punto puede poner a prueba un alma y nunca va más allá de este punto.
"En estos momentos, nunca debemos decir que Dios nos ha abandonado. Él nunca lo haría, somos nosotros quienes a veces Le abandanamos. Si el Señor nos impone una gran prueba, también nos dará las gracias suficientes -más que suficientes, diría yo- para que podamos superarla. Cuando nos sintamos lejos de Su rostro, debemos preguntarnos: ¿sabemos aprovechar lo que Él ha puesto en nuestro camino?"
En Japón, me invitaron a visitar Guncan-Gima, donde hay un templo de budismo zen. Cuando llegué quedé sorprendido: la bellísima construcción estaba en el centro de un bosque inmenso, pero a su lado había un gigantesco terreno baldío. Pregunté el motivo de aquel terreno y el encargado me explicó:
-Es el solar de la próxima construcción. Cada veinte años destruimos el templo que estás viendo y lo reconstruimos al lado.
"De esta manera, los monjes carpinteros, albañiles y arquitectos tienen la posibilidad de ejercitar continuamente sus habilidades y enseñarlas -en la práctica- a sus aprendices. Así, también les demostramos que nada es eterno y que incluso los templos están en un constante proceso de perfeccionamiento."
Si estás recorriendo el camino de tus sueños, debes comprometerte con él. No dejes abierta la puerta de salida con la disculpa de que "esto no es exactamente lo que yo quería." Esta frase -tan utilizada- guarda en su seno la semilla de la derrota.
Asume tu camino. Aunque te sea necesario dar pasos inciertos, destruir y construir constantemente, aunque sepas que podrías hacer mejor lo que estás haciendo. Si aceptas tus posibilidades en el presente, con toda seguridad mejorarás en el futuro.
Al Maestro Achaan Chah le regalaron un bonito terreno para que pudiera edificar un templo. Chah, que debía viajar por algún tiempo, dejó la construcción en manos de sus discípulos.
Cuando regresó -al cabo de cinco meses- aún no habían hecho nada. Los discípulos habían encargado varios planos a los arquitectos de la zona.
Un discípulo preguntó a Chah:
-¿Cuál de estos proyectos debemos llevar adelante? ¿Qué debemos hacer para tomar la decisión correcta?
Chah respondió:
-Cuando se quiere hacer el bien, los resultados son siempre buenos.
Libres del miedo a equivocarse, tomaron una decisión y el resultado fue magnífico.
Enfréntate a tu camino con valor, no temas la crítica de los demás. Y, sobre todo, no dejes que te paralice tu propia crítica.
Dios es el Dios de los valientes.


Paulo Coelho



FELIZ FIN DE SEMANA, DIOS TE BENDIGA, ANTONIETA

TRADUÇÃO DO TEXTO FEITA PELA FERRAMENTA GOOGLE TRADUTOR:

EM BUSCA DO CAMINHO PERDIDO

Deixe o mundo em busca de nossos sonhos e ideais, mesmo que muitas vezes colocados em locais
inacessível

tudo o que temos em mãos. Quando percebemos nosso erro, nós pensamos que
perdi muito tempo olhando para longe do que era próximo e, por conseguinte, nos deixamos ser invadidos pelo sentimento
falhas para os passos errados, pela procura inútil e os problemas que causamos.
Não exatamente, mas o tesouro está enterrado em sua própria casa, só descobrir quando você vai embora
ele. Se Pedro não tivesse experimentado a dor da negação, não teria sido eleito chefe da Igreja. Se
o filho pródigo não teria desistido de tudo, seu pai nunca teria ido a uma festa.
Há certas coisas em nossas vidas que tem um rótulo que diz "só entendem quando eu perco minha coragem, e
Eu me recuperar. "Não faz sentido tentar encurtar esse caminho.
O monge cisterciense Marcos Garcia, que vive em Burgos (Espanha), disse: "Às vezes Deus retira uma bênção
determinou que a pessoa possa compreender além dos favores e pedidos. Ele sabe como
ponto pode testar uma alma e nunca vai além deste ponto.
"Agora, nós nunca devemos dizer que Deus nos abandonou. Ele nunca, somos os únicos a
Às vezes eu abandanamos. Se o Senhor coloca uma grande prova, também irá agradecer-nos bastante ", ao invés de
suficiente, eu diria que podemos superá-lo. Quando nos sentimos longe do Seu rosto, devemos perguntar:
Nós tomamos o que Ele colocou em nosso caminho? "
No Japão, fui convidado para visitar visitar Guncan-Gima, onde existe um templo zen-budista. Quando eu fiquei
surpresa: o belo edifício era o centro de uma grande floresta, mas seu lado estava um
deserto gigante. Perguntei a razão para esse campo eo gerente explicou:
"É o local da próxima compilação. A cada vinte anos, o templo destruído e você está assistindo
reconstruir o lado.
"Desta forma, os monges carpinteiros, pedreiros e arquitetos são capazes de exercer
continuamente seus conhecimentos e ensinar na prática, aos seus aprendizes. Assim, também foi demonstrado que
nada é eterno e até mesmo os templos estão num processo constante de melhoria. "
Se você está seguindo o caminho dos seus sonhos, você deve concordar com ele. Não deixe a porta aberta
com a desculpa de que "isto não é exatamente o que eu queria." Esta frase, usada, abriga uma
as sementes da derrota.
Assuma o seu caminho. Mesmo se você tomar as medidas necessárias incerto, destruir e construir de forma constante, mesmo que você saiba
você poderia fazer melhor o que estamos fazendo. Se você aceitar suas possibilidades no presente, com certeza
melhorar no futuro.
Mestre Achaan Chah deu-lhe um bom lugar para que ele pudesse construir um templo. Chah, que foi
viajar por algum tempo, deixou o prédio nas mãos de seus discípulos.
Quando ele voltou depois de cinco meses não tinha feito nada. Os discípulos tinham encomendado uma série de níveis
os arquitetos da região.
Chah um discípulo perguntou:
- Qual destes projetos que realizamos? O que devemos fazer para tomar a decisão certa?
Chah respondeu
"Quando ele quer fazer o bem, os resultados são sempre bons.
Livre do medo de errar, tomou uma decisão eo resultado foi magnífico.
Batalha seu caminho com coragem, não temer as críticas dos outros. E acima de tudo, não deixe que ele paralise
própria crítica.
Deus é o Deus dos valentes.



Paulo Coelho

FELIZ FINAL DE SEMANA,DEUS TE ABENÇOE

ANTONIETA

Deixe sua opinião

Obrigado por comentar!
Tenha um dia abençoado e que as bênçãos de Deus sejam sempre frequentes em sua vida! Amém.

 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!